segunda-feira, julho 25, 2011

Extracto de Baunilha




Chegou! A baunilha que encomendei pela internet, a partir de um site belga que não conhecia (e depois de uma semana a temer pelo destino dos meus preciosos euros), chegaram as minhas queridas vagens de baunilha! E são uma MARAVILHA!

Quem nunca usou uma vagem de baunilha para cozinhar não imagina o sabor que elas têm. São um bocado feias (OK, muito feias), mas o aroma da verdadeira baunilha é inimitável e nem sequer é remotamente parecido com os aromas artificiais que se vendem por esses supermercados fora (e que tantas vezes usei por falta de substituto).


Em Portugal, as vagens de baunilha são caríssimas: qualquer coisa como € 2,75 cada uma, pequenas e bem secas. Do site Riziky encomendei dois tipos: Gourmet e Premium, 12 de cada. As Gourmet são mais pequenas, ficaram a cerca de € 0,58 cada uma. As Premium são as maiores, ficaram a € 1,25 cada uma, ou seja, menos de metade do preço das vagens normais nos nossos supermercados.


Hoje abri as Gourmet, com o objectivo de fazer extracto e licor (as Premium, enormes e gordas, vou guardar para fazer algo especial, como gelado de baunilha ou creme brulée!). Eram demais! Gordas, húmidas e cheias de “caviar”: as minúsculas sementes da baunilha. É incrível pensar que estas coisas estranhas são o fruto de uma orquídea!

O frasco de aspecto estranho há-de ser licor. Tem aquela cor por causa da mistura de álcool a 96º e água. Daqui a umas semanas publico aqui a receita, quando o acabar!


Ingredientes:
200 ml rum branco (ou vodka, ou qualquer outra bebida alcoólica de sabor neutro)
3 vagens de baunilha


Lavar muito bem um frasco pequeno (usei um frasco de vidro de iogurte líquido), cuja tampa feche hermeticamente, onde caiba um pouco mais do que 200ml de líquido. Secar bem. Abrir as vagens de baunilha ao meio e, com a parte não afiada da faca, retirar o caviar raspando a parte aberta da vagem. Deitar no frasco. Picar as vagens vazias em pedaços pequenos e juntar ao frasco. Juntar o rum e fechar bem. Agitar e reservar.

Vi várias receitas, umas mais “ricas” do que outras. Resolvi-me por 3 vagens para 200 ml de rum, mas há sites que recomendam bastante mais. As recomendações vão todas no sentido de deixar em infusão durante algumas semanas, 6 a 8 no mínimo, antes de começar a usar, e é isso que vou fazer. Para já, começa a ter um tom dourado muito agradável. Vou dar notícias daqui a alguns meses e, entretanto, aposto que vão aparecer por cá umas poucas receitas com baunilha!

2 comentários:

sami rocha disse...

oi.
Pode-me dizer o nome do site onde encomendou as vagens, aqui em portugal a oferta e muito escassa, entao extrato de baunilha simplesmente nao encontro.

Obrigago

Helena Mouta disse...

Olá. As vagens de Baunilha encomendo aqui: http://www.riziky.com/buy_vanilla_beans_madagascar.php
O Site está no post, entre a foto das vagens embaladas e a das vagens soltas. Já voltei a encomendar, desta vez 250g, ainda tenho bastantes e elas conservam-se bem durante muito tempo. Em breve devo colocar novo post com mais informação, sobre como fazer baunilha em pó e como melhor conservar grandes quantidades de baunilha. Obrigada pela visita!