domingo, outubro 07, 2018

Bolo de Maçã e Canela


Cá por casa os bolos de aniversário são sempre feitos por mim (exceto o meu, não faço o meu bolo de aniversário!) e, no ano passado, descobri uma receita que agrada a quase toda a gente, a começar por mim, que tenho que o fazer. É um bolo de maçã e canela absolutamente maravilhoso, a rebentar com pedaços de maçã, facílimo de fazer e que fica sempre delicioso. Tão delicioso, de facto, que no ano passado o Diogo pediu que fosse este o bolo de aniversário dele. E foi também o bolo de aniversário da minha mãe e da minha sogra, no ano passado e este ano também. Depois do aniversário da minha mãe, o sucesso do bolo exigiu que a receita viesse aqui parar, a pedido de várias famílias.
A fonte é, mais uma vez, o Smitten Kitchen. Sempre que preciso de receitas boas, fáceis e infalíveis, é lá que vou. As adaptações que fiz foram mais para simplificar e usar aquilo que, em Portugal, é mais comum, além de, como de costume, cortar no açúcar. A receita original leva 400g, para além do que vai junto com as maçãs… Assim, o bolo não é doce demais, nem enjoativo, é suculento e macio, e fica excelente quente, acabado de sair do forno, ou frio, nos dias seguintes. Admito que não faço ideia de quanto tempo dura porque, cá em casa, nunca dura mais do que um ou dois dias… Então aqui fica!

Maçãs:
6 maçãs
1 c. sopa canela
5 c. sopa açúcar amarelo

Bolo:
360g farinha com fermento
250g manteiga ou margarina derretida
300g açúcar amarelo
60ml sumo de laranja
4 ovos

Aquecer o forno a 180º. Barrar uma forma de buraco ou redonda com manteiga. Descascar, descaroçar e cortar as maçãs em cubos de cerca de 1 cm. Misturar com a canela e o açúcar e reservar.

Numa taça grande deitar a farinha com fermento. Noutro recipiente misturar os restantes ingredientes do bolo e mexer bem. Juntar à farinha e bater até incorporar. Deitar metade da massa na forma, espalhar metade das maçãs por cima, deitar o resto da massa em cima e espalhar o resto das maçãs (com os sucos que, entretanto, se formam). Levar ao forno cerca de 1 hora ou até que um palito inserido no centro do bolo saia limpo.

Às vezes é difícil saber se o bolo está cozido, por causa das maçãs. O palito sai sempre mais ou menos húmido. No entanto, e como toda a gente que esteve no aniversário da minha mãe este ano poderá confirmar, o bolo estar mal cozido não só não é um problema como até pode ser algo mesmo muito bom. Só não dura tanto tempo for do frigorífico por causa da massa meia crua. Não que isso alguma vez tenha sido problema cá em casa…

Sem comentários: