quarta-feira, fevereiro 01, 2012

Bacalhau com Broa


Cá por casa, manda a tradição que, na noite de fim de ano, se coma bacalhau cozido, tal como acontece na noite de Natal. Mas, também por cá, a tradição já não é o que era, e entre a pouca vontade de repetir o menu e a muita vontade de aproveitar as esplêndidas postas de bacalhau para algo melhor do que um cozido, surgiu a vontade de o fazer com broa.

Vi, ao longo do tempo, dezenas de receitas de bacalhau com broa. A maior parte delas mandam cozer ou aferventar o bacalhau, que depois vai ao forno, em posta ou em lascas, coberto pela broa. Ora eu sou uma pessoa muito prática e não gosto de sujar mais utensílios do que o estritamente necessário. Acresce a isto o facto de gostar mais do bacalhau assado do que cozido e de gostar do bacalhau com broa inteiro e não lascado. Destas preferências todas e duma mistura de bom senso culinário e todas as receitas que já vi, nasceu esta receita de bacalhau com broa. É mais uma, mas esta é minha.

Para 4 pessoas:
4 postas de bacalhau do lombo demolhado
1 cebola média, descascada e cortada em meias-luas finas
3 a 4 dentes de alho, finamente picados
1 dl vinho branco
500 g miolo de broa de milho, de preferência amarela, de boa qualidade
azeite

Aquecer o forno a 200º.

Numa assadeira onde caibam as postas de bacalhau sem muito espaço extra, colocar a cebola, 1 ou 2 dentes de alho picados, metade do vinho e um fio de azeite. Por cima, colocar as postas de bacalhau com a pele virada para cima e regar com mais azeite. Levar ao forno cerca de 20 minutos, até começarem a dourar.

Entretanto, desfazer a broa e misturar com mais 1 ou 2 dentes de alho muito bem picados, o restante vinho e azeite suficiente para formar uma massa homogénea, húmida mas não molhada. Passados os 20 minutos retirar o bacalhau do forno, virar as postas com a pele para baixo e cobrir totalmente com a broa. Se necessário, acrescentar mais azeite ou vinho (ou água) para não secar. Levar novamente ao forno até estar assado e a broa estar dourada, cerca de 20 a 30 minutos mais.

Pode ser servido com batatas a murro e grelos salteados, ou couves cozidas, ou apenas com as verduras ou uma salada. Com esta quantidade de broa, fica uma camada bem grossa e um prato bastante rico.

4 comentários:

Ameixinha disse...

Ainda hoje estive a preparar uma postagem de bacalhau e a receita também pedia para escaldar as postas antes de levar ao forno. Não acho que haja necessidade nenhuma. O bacalhau é um peixe que cozinha rápido, não precisa de tanta manhosice :)

Helena Mouta disse...

Concordo plenamente! E obrigada pela visita! :-)

Carla Cardoso disse...

Eu já fiz e ficou maravilhoso...a receita ficou e ficará colada ao meu frigorifico...Divinal....

Helena Mouta disse...

És uma querida, Carlinha! Beijocas grandes e obrigada!