terça-feira, dezembro 20, 2011

Uma Grande Família e as Prendas de Natal



Como quem me conhece sabe bem, tenho uma grande família. A minha mãe é a quinta de dez irmãos. É uma família grande (já com 50 pessoas e a crescer a olhos vistos), mas também uma grande família pois, apesar de alguns arrufos, todos se dão bem e continuamos a sentir que somos, de facto, uma grande família. Este ano decidimos pôr em prática uma ideia antiga e fazer um almoço de Natal. Foi uma tarde fantástica, passada em família, com pessoas absolutamente maravilhosas de quem me orgulho de ser familiar. Percebo, hoje, que não há muitas famílias como a nossa e, por isso, sou grata todos os dias.



Como somos tantos, dar prendas a toda a gente é praticamente impossível. Então está, desde há muito, instituída a “regra não escrita” de não dar prendas aos adultos e dar apenas às crianças. Este ano não foi diferente: para a miudagem foi Natal mais cedo e até o Diogo ficou deliciado com a enorme quantidade de prendas que a generosa família lhe deu.


Como não podia deixar de ser, em vez de brinquedos, dei coisas doces, desta vez numa embalagem diferente. Este ano resolvi fazer uma meia de Natal para o Diogo, para pendurar no pinheiro (que chaminé não há cá em casa). Ficou tão gira que resolvi logo que seria uma boa ideia de prenda para os garotos da família. E assim foi: uma meia a cada um (vermelha para os meninos, branca para as meninas), com a inicial de cada um e recheada de coisas doces.

Para recheio, fiz estas bolachinhas (já perdi a conta à quantidade de vezes que as fiz e ainda não me deixaram ficar mal), uns caramelos de baunilha que, apesar de terem ficado deliciosos, ainda precisam de ajustes antes de virem aqui parar, e este fudge. É das coisas mais fáceis que já fiz, demora, literalmente, 5 minutos a preparar, mais 1 hora a arrefecer 15 minutos para embrulhar, é perfeito para oferecer no Natal e não houve ninguém que o tivesse provado que não tivesse aprovado (incluindo uma prima que disse não gostar de nozes!).



Fudge de Chocolate e Nozes (adaptado daqui)
Ingredientes (para cerca de 70 rectângulos de 3x2 cm de lado e 1 cm de altura):
1 lata leite condensado
500 g chocolate de culinária (ou outro com pelo menos 45% de cacau)
½ ch. nozes partidas em bocados

Untar um tabuleiro quadrado de 22 cm de lado com manteiga e forrar com papel vegetal. Derreter o chocolate com o leite condensado no micro-ondas (no meu, a 600W, demorou 2 a 3 minutos). Mexer bem até estar homogéneo. Fica uma massa grossa, difícil de mexer, por isso é importante fazer isto enquanto está bem quente.
Juntar as nozes partidas e misturar de forma a ficarem bem distribuídas. Espalhar no tabuleiro e deixar arrefecer (para ser mais rápido, colocar no frigorífico). Quando estiver frio, cortar em quadrados e embrumar cada quadrado individualmente em papel vegetal.

Notas:
- As nozes são opcionais: podem eliminar-se, ou substituir-se por amêndoas peladas, avelãs torradas ou ainda mais chocolate, sob a forma de pepitas. Imagino que ficasse, também, muito bom com pedacinhos de caramelos de nata… É uma ideia a experimentar, um dia destes!
- Eu embrulhei os quadradinhos com a forma de rebuçados, mas podem embrulhar-se como pequenos presentes. Podem, alternativamente, fazer-se quadrados maiores e embrulhar em papel colorido (forrado de papel vegetal), atados com uma fitinha.

Sem comentários: