sábado, março 05, 2011

Perca em Massa Folhada



Com uma embalagem de massa folhada refrigerada no frigorífico e a vontade de comer peixe, saiu isto: um papelote de perca, mas usando a massa folhada como invólucro. E garanto que a experiência não podia sair melhor…

Para 3 pessoas

1 embalagem de massa folhada refrigerada (daquelas bases redondas)

1 filete de perca com 400 a 500 g

300 g cogumelos pleurothus

1 embalagem de folhas de espinafres limpas

100 g bacon em tirinhas finas

1 queijinho de cabra curado marinado em azeite aromatizado

2 c. sopa azeite

3 c. sopa manteiga derretida ou 1 gema batida com um pingo de leite

Retirar a massa folhada do frigorífico. Aquecer o forno a 200º.

Rasgar os cogumelos em tiras. Aquecer 1 c. sopa de azeite numa frigideira anti-aderente e, quando estiver bem quente, juntar os cogumelos. Temperar com um pouco de sal (pouco mesmo) e saltear em lume forte até o líquido que largam se evaporar completamente e ficarem dourados. Retirar.

Na mesma frigideira, aquecer mais 1 c. sopa de azeite e saltear os espinafres até murcharem. Temperar com um pouco de sal. Retirar.

Na mesma frigideira, bem quente, deitar as tirinhas de bacon e deixar dourar.

Desenrolar a massa folhada, com o papel que a acompanha, sobre um tabuleiro de forno. Espremer bem os espinafres para largarem o máximo de líquido e espalhar no centro da massa folhada, numa camada mais ou menos do tamanho do peixe. Por cima espalhar os cogumelos e o bacon.

Colocar o filete de perca sobre os legumes e temperar com um pouco de sal. Por cima, espalhar os cubinhos de queijo, com algum do azeite da marinada e alguns dos seus temperos.

Pincelar a massa com a manteiga derretida e dobrar uma das partes para cima do peixe, esticando um pouco se necessário. Pincelar o topo da massa com mais manteiga e dobrar a outra parte para cima desta, esticando se necessário para cobrir todo topo do peixe. Pincelar as extremidades com manteiga e dobrar para cima, para selar o recheio. Pincelar o resto da massa folhada com manteiga e levar ao forno até estar bem dourado, cerca de 30 minutos.

Partir em 3 porções iguais e servir bem quente, com uma boa salada.

Notas:

- Para fazer o queijo marinado, cortar um queijinho de cabra curado em cubos de cerca de 1 cm de lado e colocar num frasco com tampa. Deitar um ou dois dentes de alho partidos ao meio, uma folha de louro partida em bocados, alguns grãos de pimenta e uma malagueta seca partida em bocados. Cobrir de azeite e tapar bem o frasco. Agitar algumas vezes e deixar descansar de um dia para o outro ou até ser necessário. Também é óptimo como entrada, com tostas ou pão.

- Eu adoro perca (nota-se muito?), mas este prato, como quase todos os outros do género, pode ser feito com praticamente qualquer coisa e, certamente, com qualquer peixe.

- Desta vez fiz assim pelo hábito de fazer embrulhos grandes, mas cortar este embrulho deu algum trabalho e não ficou lá muito bonito. Para a próxima, faço embrulhinhos individuais que, além de ficarem mais bonitos, têm a vantagem de distribuir mais massa folhada por pessoa (sempre uma coisa boa!).

Sem comentários: