sexta-feira, agosto 26, 2011

Cupcakes de Cenoura e Gengibre com Cobertura de Mascarpone





Fiz estes cupcakes para um lanche com umas amigas em Bragança e ficaram tão maravilhosos que já os voltei a fazer. O gengibre é opcional, mas dá-lhes um toque definitivamente diferente, e adulto. Para crianças (ou, pelo menos, para a maioria), talvez seja melhor eliminá-lo. A cobertura também é opcional, mas é deliciosa e não muito doce. Sirvo sempre ao lado, para quem quiser.

A melhor parte destes cupcakes é que podem ser congelados sem perder nada da sua textura e do seu sabor. Acreditem: estes que aqui vêem foram congelados e descongelados e ninguém deu por nada! E são tão fáceis de fazer que são perfeitos para fazer duas receitas e congelar. Depois, sempre que apetecer um docinho, é só descongelar um (o que acontece em menos de nada) e temos um lanche diferente!


Ingredientes (para 12 a 16 queques):
200 g cenouras, descascadas e raladas
2 ovos
¾ ch. iogurte
1 1/3 ch. açúcar
½ ch. óleo
2 c. chá gengibre fresco ralado
2 ch. farinha com fermento
1 c. chá bicarbonato de sódio
½ c. chá sal
½ c. chá canela em pó

Para a cobertura:
250 g mascarpone
2 a 3 c. sopa açúcar em pó
1 c. chá gengibre fresco ralado
Raspa de meia laranja
1 c. sopa sumo larajna

Para os cupcakes:
Aquecer o forno a 180º. Forrar uma forma que queques com formas de papel.
Numa taça, misturar as cenouras, os ovos, o iogurte, o açúcar, o óleo e o gengibre. Noutra taça misturar os restantes ingredientes. Misturá-los nos ingredientes húmidos, envolvendo sem bater. Encher as formas de papel até cima e levar ao forno 20 a 25 minutos, até que um palito inserido no centro de um queque saia limpo. Retirar os queques da forma e deixar arrefecer completamente.

Para a cobertura:
Misturar todos os ingredientes numa taça e bater com uma vara de arames. Espalhar uma colher de sopa sobre cada queque, fazendo enfeites se desejado com um saco de pasteleiro.

Nota:
- Adoro gengibre fresco, mas nunca consigo gastar todo o gengibre que compro antes que se estrague. Então descobri um truque maravilhoso: quando o compro, descasco todo e guardo, em bocados, numa saca no congelador. Tem duas vantagens: não se estraga e fica muito mais fácil de usar (rala-se muito melhor congelado do que fresco)!

Sem comentários: