quarta-feira, agosto 31, 2011

Scones



No mesmo lanche em que fiz os coquinhos, também lá estavam estes scones, que fiz em versão miniatura para comer com as muitas compotas caseiras que por cá têm aparecido ultimamente. São muito macios e leves, óptimos quentinhos com compota ou, até, só com manteiga. O único que sobrou ainda estava muito bom frio, no dia seguinte.

Ingredientes (receita adaptada do livro Entertaining, da Martha Stewart)
2 ¼ ch. farinha
1 c. chá fermento em pó
¼ c. chá bicarbonato de sódio
1 c. sopa açúcar
100 g manteiga ou margarina
150 ml natas

Pré-aquecer o forno a 180º.
Peneirar a farinha com o fermento, o bicarbonato de sódio e o açúcar. Juntar a manteiga fria cortada em cubos e esfarelar com os dedos até que a manteiga fique em bocados do tamanho de ervilhas. Juntar as natas e mexer até incorporar. A massa fica bastante heterogénea, com bocados de farinha ainda sem estarem bem incorporados, mas não faz mal. O segredo de um bom scone é não trabalhar demais a massa.

Deitar na bancada enfarinhada e, com as mãos, formar um rectângulo com cerca de 2 cm de espessura. Eu cortei os scones em pequenos triângulos, com 2 a 3 cms de lado. Para isso cortei o rectângulo em quadrados de 2 a 3 cms de lado, e depois cortei os quadrados a meio na diagonal.

Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal. Para ficarem mais estaladiços, pincelar com natas e polvilhar com um pouco de açúcar (eu fiz isso). Levar ao forno quente até estarem dourados, cerca de 18 minutos. Servir, de preferência, quentes.

Sem comentários: